Entenda como trocar seus impostos por mais cultura!

Entenda como trocar seus impostos por mais cultura!

Conseguir financiamento é uma tarefa difícil para a maioria dos artistas que tem um projeto cultural aprovado nas leis de incentivo fiscal, já que encontrar empresas dispostas a destinar recursos ao seu projeto pode parecer complicado demais para quem ainda não tem experiência. Mas o que muita gente não sabe é que pessoas físicas também podem ser financiadoras da cultura, deduzindo o investimento diretamente do imposto de renda.

Qualquer brasileiro que faça a declaração completa de imposto de renda pode contribuir para um projeto aprovado, pela Lei Rouanet, mas pouco mais de 12.000 contribuintes optaram pela renúncia fiscal via cultura em 2015. Mais da metade dos financiadores individuais do país são de Belo Horizonte, onde mais de 5 mil pessoas investiram em artistas locais.

Imagem: Receita Federal

O processo beneficia tanto os financiadores, que escolhem o destino de parte de seus impostos, quanto os músicos, que conseguem diversificar as fontes de patrocínio e ter mais estabilidade para finalizar o projeto. Por isso, cabe aos artistas concentrarem esforços para disseminar a informação de que as pessoas podem contribuir diretamente com a cultura, destinando recursos a projetos que gostem e acreditem.

Como fazer a doação?

Quem deseja doar para cultura pode dedicar até até 6% do imposto devido ao leão. Basta escolher um projeto aprovado pelo Ministério da Cultura e depositar a quantia diretamente na conta bancária do projeto supervisionada pelo MinC. Na declaração do ano seguinte, o patrocinador deve informar na declaração os pagamentos na ficha "Doações Efetuadas" e deduzir até 100% do valor doado dos tributos a pagar ou, em alguns casos, aumentar o valor a receber na restituição. O benefício não vale para quem optar por tributação simplificada.

Quer saber como mais seus fãs podem te ajudar a realizar seus projetos na carreira? Venha ler sobre o financiamento criativo, a solução para gravar um disco.

Sobre o Autor

Tetê Mesquita

Deixe seu comentário